As psicólogas defendem que esse é o momento de nos conhecermos melhor, de nos permitir desenvolver outros aspectos. Aproveitar o tempo para mergulhar em nosso interior e nos dedicarmos a nós mesmos. Algumas orientações são:

Tenha uma rotina ativa

Não é porque você está em casa que tudo está perdido. Muito pelo contrário! Adapte a sua rotina antes da pandemia ao lar. Levante na mesma hora, arrume-se, planeja suas tarefas de hoje, trabalhe, faças as refeições corretamente, exercite-se. Para os mais jovens, basta manter o dia a dia ligado às atividades escolares. Muitas escolas disponibilizaram seus materiais online.

Evite excesso de informação

Confira o que está acontecendo no mundo em determinadas horas, não o dia todo. Ficar exposta demais as informações pode te sobrecarregar. Também atente-se a fake news! Cheque de onde vem cada dado. “Muita gente vai somatizar os sintomas sem estarem de fato doentes”, afirmam.

Fique longe do sedentarismo

Uma forma de evitar depressão é suando a camisa ou mantendo a paz interior. A meditação irá te ajudar com a respiração e a dominar as suas emoções, principalmente a ansiedade. Há diversos aplicativos para se exercitar no conforto do seu lar, sem qualquer dificuldade. Estipule horários para essas práticas. Até dançar vale!

Entenda que o isolamento é algo necessário

Não seja egoísta. O coronavírus se prolifera de forma rápida entre as pessoas, principalmente por meio do contato com infectados ou superfícies contaminadas. Por isso, é de sua responsabilidade se proteger e proteger o próximo.

Canalize pensamentos positivos

Além de passar longe das fake news, vale compartilhar notícias boas, palavras tem poder. Converse com amigos e familiares, divida fotos antigas e de bons momentos. Mude o foco para perceber que há muita coisa a sua volta.

Converse com outras pessoas

Se tem uma coisa a tecnologia nos possibilitou é a de estarmos conectados uns com os outros mesmo a longas distâncias. Use o WhatsApp e as redes sociais, mande SMS, converse por vídeo. Manter os vínculos são fundamentais.

Tenha uma motivação

Faça uma meta diária ou semana para ser cumprida. Estudar à distância, ficar em forma, organizar algum cômodo, cuidar da saúde, criar novas amizades pela internet.

Aproveite o tempo

Já que não há como se locomover muito fora de casa, sobra mais tempo para se dedicar a algo novo. Ler um livro, conhecer músicas novas, colocar as séries em dia, pintar, cozinhar, etc. Vale até descobrir uma nova aptidão!

Consultas online

Afim de evitar depressão e amenizar os seus sintomas, se você já estava em tratamento ou precisa iniciar um, vale apostar em consultas online. Há diversos profissionais a sua disposição, que estão fazendo consultas via Skype.

Paula e Fernanda concluem que “há que ser resiliente para suportar o momento e também empáticos com o próximo. Por exemplo, não pensar que eu não posso sair de casa, mas, sim, que eu escolho ficar em casa. Por mim e pelo meu próximo também”.